Conselho Municipal da Juventude toma posse

Na noite desta quinta-feira (18), os 24 integrantes do Conselho Municipal da Juventude – 12 da sociedade civil e 12 do poder público – assinaram os seus termos de posse, em cerimônia no auditório do Paço Municipal. O CMJ foi instituído pela Lei Municipal 6.003, de março de 2003. Os eleitos integrarão o conselho durante o biênio 2018/2020.

Representando o prefeito Luiz Fernando Machado, o gestor da Casa Civil, Gustavo Maryssael, destacou a importância de uma participação ativa por parte dos conselheiros. “Vocês têm a missão de pensar no amanhã e ajudar na construção de políticas públicas que sejam positivas para os jovens, que estarão no comando do País no futuro. A administração municipal está aberta para, de forma responsável e legal, trabalhar para atender às demandas do CMJ”, afirmou.

LEIA TAMBÉM
Projeto ‘Tocar e Encantar Jundiaí’ se apresenta no Fepasa

Em Jundiaí, atualmente, há 30 conselhos ativos, com 1.106 conselheiros inscritos debatendo temas ligados às áreas de saúde, educação, nutrição, segurança, mobilidade e pessoa com deficiência, entre outros. Também participaram o assessor municipal de Políticas para a Juventude, Samuel Ferraz, e o diretor do Departamento de Conselhos, Luis Zambon.

Visita
Um grupo de assistidos pelo Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) Novo Horizonte tiveram uma tarde diferente, nesta quinta-feira, com a visita ao Estação Juventude, na região central de Jundiaí. A iniciativa, organizada pelas equipes da Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS) em parceria com a Assessoria de Políticas para a Juventude, tem por objetivo divulgar as opções de lazer e desenvolvimento direcionadas aos jovens em Jundiaí.

O Estação Juventude é um programa que oferece diversos serviços para promover a inclusão e emancipação dos jovens. O espaço oferece informações sobre programas e ações para os jovens, além de orientação, encaminhamento e apoio para que eles próprios tenham condição de construir as suas trajetórias e buscar as melhores formas para a sua formação. É equipado para desenvolver atividades como oficinas culturais, workshops, debates, cineclube, palestras, eventos, cursos profissionalizantes, além de estar capacitado para fornecer informações que facilitem o acesso dos jovens a serviços e políticas públicas que atendam às suas necessidades.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Publicada em 02/01/2019 ▪ Leia mais sobre